Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2010

Nossas perdas

Perdas. Estamos sempre perdendo algo no decorrer de nossas vidas. Perdemos paciência, perdemos vontade. Paciência com o que nos parece difícil enfrentar; a vontade de fazer coisas simples como sair e nos divertir; caminhar; acordar (ou dormir) cedo; até trabalhar. Além de vontade e paciência, perdemos tempo, perdemos tempo falando muito e fazendo pouco ou falando pouco e fazendo muitas bobagens. Perdemos o ânimo, a esperança, a alegria, o entusiasmo, porque passamos por fases difícieis de nossas vidas que nos colocam à prova; e voltamos a perder paciência, vontade e tempo.   Mas por passarmos por tudo isso, temos ganhos, pois um dia precisamos acordar e voltar a viver e, para isso, ter vontade e ânimo e ver que o tempo é precioso e que a vida precisa ser vivida com entusiasmo, alegria e esperança. Todos perdemos, do material ao emocional. Estas são perdas pelas quais passamos por toda a vida e com as quais aprendemos e crescemos. E temos perdas maiores, a das pessoas com as

Os nobres sentimentos [Danuza Leão]

Desde a mais tenra infância fomos ensinados a refrear certos sentimentos; era feio ter inveja, raiva, ódio e por aí vai. Mas será mesmo? E quem é a santa que só tem no coração bondades e caridades para com seu semelhante? Querendo ou não, os sentimentos - bons ou maus - aparecem, mas nos ensinaram que os piores - aqueles - devem ser afastados, em nome já esqueci de quê. E como fingir que eles não existem, como ignorar o que está dentro do peito?Que tal tentar conviver com eles reconhecendo que somos apenas pessoas, para o mal e para o bem? Digamos que sua grande amiga seja maravilhosa, tenha dez centímetros mais do que você e dez quilos menos; além disso, é charmosa, inteligente e generosa, o que, aliás, não é nenhuma vantagem, com tantas qualidades, e consegue seduzir, sem esforço, todos os homens do pedaço, inclusive ele - aquele. Que raiva; que inveja. Fazer o quê? Em primeiro lugar reconhecer, com todas as letras, o que está sentindo e as razões desses sentimentos. Feito i