Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

O desamor por si próprio

Todos nós já ouvimos alguém dizer que só atrai parceiros difíceis, que sempre doa mais que recebe, que mergulha nas relações, mas não vê o mesmo do outro, como se tudo isso fosse um fardo, um carma, uma coisa do destino. E essas mesmas pessoas acabam por se mostrar como vítimas daqueles com quem se relacionam. No entanto, pergunto-me: uma relação não se faz de dois? Dois que se amam, dois que buscam carinho, dois que depositam confiança um no outro, enfim, dois que querem o bem do outro, como para si mesmos?  Relacionamentos, além de amor, dependem de compreensão, respeito, companheirismo e o cuidado de ambos. Então, o que acontece nesses casos em que um sempre tem a sensação de dar mais e não receber na mesma proporção? Hoje, vemos tanto desencontro entre homens e mulheres; ouvimos alguns clichês do tipo "elas não querem mais nada sério..." ou "os homens são todos iguais..."; e acaba-se por fazer dessas ideias uma crença, e as tomam como verdades