Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Rupturas necessárias

"Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal 
Eu finjo ter paciência..."

(Lenine)
Quando ouço a palavra ruptura, me vem sempre a ideia de algo ruim, que se finda, que deixa tristeza. Talvez, porque eu pense que laços, sejam quais forem, devem ser duradouros, felizes, capazes de resistir ao tempo.
Seria isso o certo? Mas o que é certo ou errado, afinal? Em nome da educação e para sermos pessoas agradáveis, muitas vezes, ouvimos o que não gostamos de ouvir, ficamos quietos para não brigar, aceitamos palpites, ouvimos julgamentos, relevamos críticas e calamos para não ferir sentimentos.  Enfim, existem inúmeras situações em que preferimos nos calar para que nossas palavras de insatisfação não deixem a situação pior do que já se apresenta. Mas por que agimos assim? Por que imaginamos que calar é melhor? Como pode ser melhor se não aceitei, se não gostei, se não quero ouvir o que me desagrada e me entristece?  Em nome da educação, muitas vezes d…

Você é capaz de escutar-se?

"Nós nos fazemos por meio da palavra, e, no entanto, a consciência disso é insuficiente. E poucos são capazes de escutar-se, e essa incapacidade é a maior razão do conflito entre as pessoas e os povos."

(Betty Milan)

Sempre achei a palavra algo mágico carregado de possibilidades que nós falantes imprimimos a ela. Com ela nos conhecemos e conhecemos o outro, sabemos do mundo, vivemos e, sem ela vamos perdendo, sofrendo, morrendo aos poucos. Saber usar bem a palavra é imprimir-lhe o que há de construtivo e verdadeiro de forma a levar alegria e benefício aos que a escutam.  No entanto, ela pode ser destrutiva e cruel. Seres falantes que somos, expressamo-nos, lançando ao redor tudo aquilo que carregamos dentro de nós: alegramos quem nos ouve, criamos sentimentos de amizade, amor e respeito, mas também excluímos, machucamos, podemos até prejudicar. Enfim, a palavra serve de fio condutor. Nós nos ligamos às pessoas através dela. Pronunciamos a palavra que une e felicita, e também…