27 de maio de 2011

Crescimento e equilíbrio


Ontem um amigo se questionava sobre o motivo pelo qual o homem luta tanto, e a vida toda, por conhecimento, estudo, diploma, títulos, posição social, dinheiro, bens e status; e nem sempre tudo isso o faz uma pessoa feliz. Ponderava ele que crescimento e progresso faz parte do homem.
Todos nós buscamos isso  o que é natural. A busca por progresso é o que impulsiona o homem a criar e é por isso que é dotado de inteligência. No entanto, o questionamento que se fazia era sobre a busca excessiva do ser humano pelo que é material.
E sua indagação era o por que o homem tem deixado de lado o crescimento de outros valores mais elevados como moral e ética, principalmente pelo fato de que essa busca incessante pelo material deixa de lado valores espirituais tão importantes para o próprio  homem.
Hoje vivemos num mundo voltado para um consumismo exagerado. Ganhamos dinheiro porque precisamos gastá-lo. O celular precisa ser trocado e o notebook também. Ah! E a TV? Agora precisa ser de LCD e o carro precisa ser trocado. Infelizmente vivemos e nos angustiamos porque precisamos "ter"; e não só "ter", mas ter o mais novo, o último lançamento. E não vemos que esse verdadeiro redemoinho não nos leva à felicidade.
Conforto é ótimo, ter dinheiro é necessário. Ninguém pode nem deve censurar que se tenha e se goste de usufruir do que há de bom. No entanto, até que ponto não estamos pensando que ser feliz é somente isso? Vejo pessoas angustiadas com outros tipos de problemas que dinheiro algum pode resolver. Então, entendi esse questionamento de meu amigo e acabei concordando.
Mas, apesar de tudo isso, acredito que o homem têm percebido que a vida é muito mais que consumir. Vemos, hoje, muitas pessoas preocupadas com um novo estilo de vida, mais simples, com carros confortáveis, mas menos ostensivos. Pessoas que, para se sentirem bem, não precisam gastar uma fortuna com uma roupa ou um sapato com grife.
Há os que se preocupam com a alimentação, buscam maneiras mais saudáveis de viver, caminham, praticam esportes e valorizam mais a natureza. Outros procuram novos tipos de entretenimento, mais cultura, mais leitura, mais música. Além daqueles que buscam terapias diversas, preocupados não só com a saúde física, mas também com a psicológica, pois entendem que somos um conjunto formado pelo material e o espiritual. A felicidade é  um estado muito efêmero, e para alcançá-la é preciso mudança de pensamento, de postura e de estilo de vida.
Assim, para um dia podermos nos sentir mais felizes e plenos, é necessário que haja crescimento pelo conhecimento do que somos em essência, pelo cultivo do amor, da paz de espírito e da compreensão do que é a vida, a fim de que haja certo equilíbrio de nós mesmos com o que o mundo material nos impõe.
Se crescer é uma motivação natural do homem, e se somos um todo que engloba o material e o espiritual, que nosso crescimento seja nesse sentido e, dessa forma, possamos, um dia, gozar a vida com mais serenidade e leveza, encontrando nela felicidade um pouco mais plena e menos efêmera.

Rita Ribeiro
[Sob Licença Creative Commons - Leia e respeite os direitos autorais]

2 comentários:

  1. Muito legal seu blog Maria Rita...já estou te seguindo e o coloquei na minha lista de Blogs Legais...beijos:) Enise

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por tudo, Enise! Pelas palavras sobre o blog, por me seguir e me colocar na sua lista. Valeu!

    Um beijão pra você!
    E volte sempre! :D

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...