5 de julho de 2009

Tristeza, melancolia, angústia?



"Quando não houver caminho
Mesmo sem amor, sem direção
À sós ninguém está sozinho
É caminhando
Que se faz o caminho...

(Titãs)


É interessante como ficamos vulneráveis quando passamos por muitas dificuldades, sejam quais forem. Nossa instabilidade emocional faz com que quaisquer lembranças, saudades, incompreensão, culpa se tornem estopins para desencadear sentimentos de tristeza que se confundem até com melancolia e angústia.
Como definir o que sentimos? 
Em momentos de tristeza, sinto-me só e melancólica, apesar de ser difícil definirmos a dor. É certa vontade de estar em qualquer outro lugar, que não aqui. Onde, não sei. Menos aqui. É uma angústia que toma conta, quando instala aquela dor forte lá no fundo, no peito, coração, alma, sabe-se lá onde ela se instala, mas que dói, ah! dói. 
Daí à vontade de chorar é um pequeno passo. É uma necessidade de colocar a dor para fora e dizer que sim, nós estamos tristes, solitários e profundamente angustiados. Nessas horas, nossa fragilidade nos torna suscetíveis aos sentimentos mais pessimistas. Porém, esses momentos de horrível angústia só podem nos levar a uma certa vontade de mudar, e nada mais. Ninguém quer viver melancolicamente para sempre. 
Se num dia caímos, no outro já é hora de levantar, sair e pensar em que podemos melhorar, e que podemos mudar. Porque dentro de nós há alguém que tem sonhos, e que, acima de tudo, deve realizá-los e ser feliz. E se felicidade não está aí o tempo todo, valorizar esse despertar deve ser nosso objetivo. Portanto, respeitemos nossos dias de solidão, tristeza e angústia, choremos o que tivermos para chorar, mas vislumbremos o novo dia, aquele em que nos levantaremos para nos reconstruir e nos fortalecer. 
Novo dia de céu azul e sol quente, mas também o dia cinza, nublado e com chuva, vento e frio. Sim, pois é a adversidade que nos testa constantemente e nos faz querer mudar e crescer, criar e realizar. Temos dentro de nós aquela chama nos impulsionando a buscar o que ainda nem conhecemos. 
Portanto, devemos mesmo levantar e escolher o caminho, prosseguir e progredir, mesmo que tenhamos vontade de chorar de vez em quando. O que precisamos é ter a certeza de que somos maiores que qualquer dor.


10 comentários:

  1. A adversidade nos aproxima mais de Deus! E certamente, depois desses momentos, saímos com um saldo positivo: o amadurecimento...
    :D
    Bjoks

    ResponderExcluir
  2. Oi, Debby, concordo com você. Em tudo há um propósito, não é? =]

    Bjks também!

    ResponderExcluir
  3. a vida é bem organizada, os momentos melancólicos iluminam ainda mais os momentos felizes. beijo e boa semana

    ResponderExcluir
  4. Concordo, Simone, e aí é que está o bonito da vida, ser organizada, como diz.
    E é exatamente isso que nos propicia o crescimento.

    Obrigada pela visita. É sempre bem-vinda!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Humm...

    ''...pois é a adversidade que nos testa constantemente e nos faz querer mudar e crescer, criar e realizar...''

    De fato somos maiores que tudo isso...


    Bejoca e desculpa o sumiço... baby em casa a rotina é outra!

    ResponderExcluir
  6. Sumido mesmo, Pablito, sinto falta de suas palavras.
    Obrigada pela visita!

    Felicidades pro baby!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Legal o blog! Se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A vida é isso: dias maravlhosos, dias muto difíceis... mas não podemos desanimar nunca e sempre acreditar que a felicidade existe e que dificuldades aparecerão, mas temos que tirar proveito e transformar em aprendizado para melhorar nosso convívio seja ele no social ou espiritual.

    Estou adorando seu blog!!

    Que Deus te ilumine, sempre!!

    bjus.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, SMM, visitarei seu blog, sim.
    Aguarde-me.
    =)

    ResponderExcluir
  10. É isso mesmo, Sandra, a felicidade existe e precisamos acreditar nisso sempre, porque depois de dias tristes, com certeza, saberemos valorizar muito mais nossos dias felizes.
    É o aprendizado.

    Que bom que você gostou, adorei sua visita!
    Volte sempre!

    Deus te ilumine em dobro, amiga! Obrigada!

    Beijão!
    =*

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...