12 de junho de 2010

Desintoxique seus pensamentos


"Desintoxique sua mente de pensamentos negativos sobre si mesmo, a vida e os outros, assim terá mais saúde e felicidade." Esta foi a frase que li e me deixou a pensar na grande verdade que ela contém. É comum ocuparmos nossos pensamentos com algumas situações insignificantes, dando importância ao que não tem. Perdemos tempo pensando em problemas que não podemos resolver ou até naqueles que já se passaram. Perdemos tempo tentando entender as pessoas, que muitas vezes, nem mesmo elas se entendem. E o pior de tudo, perdemos tempo, chateando-nos com pessoas que nos incomodam com o que dizem, sem percebermos que elas é que se incomodam conosco. E com essas, confesso, perco muito de meu tempo e meus pensamentos. 
São as pessoas de difícil relacionamento que ora nos estressam, ora nos entristecem por atitudes maldosas ou por serem pessoas complicadas. São aquelas que, por mais que tentemos o entendimento, não adianta, sempre serão assim: difíceis. No entanto venho aprendendo que o importante é não nos estressarmos e passarmos dias de mau humor, simplesmente, porque não vale a pena. Devemos fazer a nossa parte, o nosso melhor. Que a simpatia, a alegria e as relações mais saudáveis, cordiais e de bem-estar possam ser nosso objetivo, até mesmo para nosso próprio bem. É claro que nem sempre conseguimos isso, porque não depende somente de nós. Sempre haverá alguém para dizer algo que desagrade ou que alardeie um pequeno deslize, que dissemine fofoca, maldade e maledicência. 
Pessoas e situações difíceis existem não para que nos façam mal e nos "intoxiquem" a mente e o coração. Existem para que analisemos a nós mesmos e o grau de importância que damos a elas e o porquê disso. Dessa forma, percebemos que precisamos vibrar nossos pensamentos noutra direção - a das coisas mais salutares. Enquanto nos envolvemos demais com o que os outros pensam e fazem, esquecemos de cuidar melhor de nós mesmos. 
O caminho para estarmos bem é a busca incessante do que nos dá prazer. Descubramos, então, esse caminho e esqueçamos o resto. Valorizemos as pessoas com as quais temos empatia, procuremos alimentar a mente com conhecimento, leitura, trabalho, música, beleza e arte em geral; ocupemos a mente com coisas interessantes, pois o que torna nosso mundo melhor nos afasta do que não tem relevância alguma em nossas vidas. 
Devemos ter mais confiança em nós mesmos e na vida, pois acredito que todos nós podemos fazer dos lugares por onde passamos ambientes agradáveis e felizes. E isso pode e deve partir de nós e contaminar a todos. Assim esquecemos o que é chato e não merece nossa preocupação. 
Desintoxiquemos, então, nossos pensamentos, pois tudo pode ser transformado. Não percamos mais nosso tempo. Sermos mais positivos faz bem. E quando estamos bem, tudo está também.

Rita Ribeiro
[Sob Licença Creative Commons - Leia e respeite os direitos autorais]

Leia também post relacionado Por que julgar é tão fácil?, publicado neste blog em 12/07/2010

10 comentários:

  1. Nunca imaginei dizer isso, mas não concordo com tudo que disse não! Acho que o mundo precisa de pessoas corajosas a ponto de mesmo ''intoxicadas'' sejam capaz de se vencerem a si mesmas para vencer esse sentimento que rotula os outros...

    ''...o importante é não nos estressarmos e passarmos dias de mau humor, simplesmente, porque não vale a pena...''

    Acho que o mau humor é só um indicador, não devemos agir assim porque adoecemos mesmo!

    ''...O caminho para estarmos bem é a busca incessante do que nos dá prazer...''

    ''Ótimo-utópico'', uma vez que para estar bem, nem sempre temos o que é prazeroso.

    Mas o que amei nisso tudo é como buscamos nos melhorar o tempo todo não é mesmo, se permitindo errar, frustrar, equivocar... somos essa busca infinita!

    Beijocas aos milhões!

    ResponderExcluir
  2. Pabllito querido, você não concordar não é problema algum, ao contrário.

    O problema que exponho aqui é, muitas vezes, valorizarmos demasiadamente algumas coisas que nos acontecem. E fazer de um problema pequeno, um grande problema. Por isso digo que, quando isso acontece é momento de parar e analisar o que acontece conosco. Por que pessoas e situações nos irritam. Por que damos tanta importância? Algo anda errado em nós mesmos.

    Quando falo em procurar o que você chama de utópico - o prazeroso - é tentarmos sair desse emaranhado de pensamentos negativos em que mergulhamos, quando enfrentamos uma situação difícil. É claro, que o problema precisa ser enfrentado, mas, às vezes, é um problema só nosso e não com o outro. Mudar o rumo dos pensamentos talvez seja desconectar-se dos problemas que nós mesmos criamos, para aí, então vermos que aquele enorme problema, não era assim como víamos.

    E isso tudo é a busca infinita em nos melhorarmos.
    Todo problema que aparece no nosso caminho é uma forma de nos aprimorarmos, é claro. Mas alguns deles nós criamos, sem perceber, dando importância excessiva ao que, na verdade, não tem, e perdemos tempo que poderíamos utilizar com coisas mais produtivas, mais positivas e melhores para nós mesmos (o que chamei de prazeroso).

    É isso que tentei passar.
    Mas adorei que tenha discordado de mim, venha aqui fazer isso mais vezes. =)
    Refletir é algo importante demais.

    Obrigada, Pablito. Adoro pensar no que me diz.
    Milhões de beijos pra você também!
    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilhosa... voltarei sempree ;-)

      Excluir
    2. Olá, leitor anônimo, fico feliz que tenha gostado. Volte sempre mesmo. E seja sempre bem-vindo!
      Abraço. :)

      Excluir
  3. Maravilha, Fantástico o seu blog. Sempre voltarei!

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada, Juliana, fico contente.
    Volte mesmo, será sempre muito bem-vinda!

    ;*

    ResponderExcluir
  5. É issso mesmo, concordo com vc. Desintoxicar os maus pensametos, sempre!!Problemas existem pessoas difíceis também, mas, fazer o que? Se nem sempre conseguimos mudá-los? claro que devemos dá o melhor de nós para tentar melhorar situacões assim, mas, se falhamos, não vamos deixar que pensamentos negativos nos escravisem. Afinal a vida é bela e ta aí para ser vivida com todos os direitos que nos foram concedidos.
    bjss.

    ResponderExcluir
  6. "Afinal a vida é bela e ta aí para ser vivida..."

    Pois é, Sandra, nosso objetivo deve ser mesmo viver a vida da melhor forma possível.

    Obrigada pela visita e pelas palavras.
    Beijo enorme!
    ;*

    ResponderExcluir
  7. Oi Rita,

    Gostei do que vc escreveu e pra falar a verdade gostei muito do seu Blog!
    Que coisa! Fui fazer um comentario hoje no UOL sobre o tema "conversa de Boteco" e fiquei curioso com o tema do seu Blog e acabei vindo visitar e li varios dos textos.
    Valeu de verdade. Vou voltar sem duvida!

    Um beijo,

    Marcelo

    ResponderExcluir
  8. Oi, Marcelo,

    Agora entendi, li seu segundo comentário e leio agora o primeiro...rs
    Nossa! Que coisa mesmo, é muito difícil eu fazer comentários em blogs de escritores conhecidos e foi dia desses no blog do Xico Sá. rsrs
    Você é esse: Marcelo (mpasqual@uol.com.br)?

    Que bom que sua curiosidade lhe trouxe até meu blog. Que bom também que leu vários textos e vai voltar...
    E se quiser entre em contato comigo, esse é meu email (ritac_ribeiro@hotmail.com)

    Adoro essas coisas inusitadas.

    Beijo pra você também,
    Rita

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...