3 de abril de 2010

Sorria!


Nada como encontrarmos uma pessoa sorridente. O sorriso desmonta qualquer mau humor ou desânimo. Ele contagia e não é um ato tão difícil. Às vezes nos pegamos de cara fechada, com a testa franzida, o pensamento longe e muito sisudos. É que, invariavelmente, estamos com os pensamentos sempre nos problemas, nas coisas chatas que aconteceram ou naquelas que imaginamos possam vir a acontecer e nem acontecem. E esquecemos de sorrir um pouco, de fazer emergir de dentro de nós o que é bom e está lá guardado e nem desconfiamos. Nossa mente passa dias tendo só pensamentos negativos como se uma nuvem pesada pairasse sobre nossas cabeças. 
As atitudes mais otimistas nos possibilitam ver melhor as coisas e estarmos mais abertos a ideias que possam nos ajudar na resolução de certos problemas. Dessa forma, deixamos de enredar nossos pensamentos no que é só ruim, tornando tudo muito mais fácil. O problema é que não confiamos em nós mesmos e achamos que tudo é difícil demais. Anulamos nosso poder de análise. A solução que buscamos pode estar à nossa frente e nem vemos.
Precisamos lembrar sempre de que a vida não é felicidade constante, tem altos e baixos, dificuldades, preocupações e tristezas. E para todos nós. No entanto podemos agir mais facilmente ou não, depende apenas de nosso estado de ânimo. Por isso, é melhor sorrirmos, mostrarmos confiança e acreditarmos sempre em nossas possibilidades. Isso faz com que vejamos tudo completamente diferente. 
Acorde aquela pessoa sorridente que há dentro de você! Sorria de coisas simples. Vamos sorrir para a criança que passa por nós, sorrir para pessoas gentis e para aquelas nem tanto. Vamos sorrir para quem nos dá passagem na rua, para quem nos atende bem, sorrir ao observar o céu e as árvores. E sorrir também porque acordamos para um novo dia que é um dia novo, se o fizermos assim. 
Sorrir porque somos pessoas importantes e porque não estamos sós. Sorrir porque vale a pena passar por tudo o que passamos, pois é isso que nos torna o que somos: melhores e capazes de experimentar mais momentos de felicidade. E, sobretudo, vamos sorrir para nós mesmos ao nos vermos refletidos no espelho. Portanto, puxe os cantos dos lábios. Isso! Vamos lá... Agora mostre os dentes. É! Relaxe a musculatura do rosto. Não, não mecanicamente, mas com vontade, com alegria. Isso, sorria! 
Sorrir é fácil e bom até! E aí, sorriu? Espero que sim!

2 comentários:

  1. ola!!! Rita estás de parabéns! Cada post é um diamante em bruto, pois so de o ler fico rica de alegria, felicidade e optimismo para enfrentar os dias mais cinzentos da minha vida!!! Obrigado pela tua escrita sensacional e optimista que nos transmite algo de bom!
    ah! ja agora sigo este blog de Portugal.
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Olá, Vanessa, obrigada pelas palavras.
    Fico muito contente em saber que o que escrevo possa ter esse efeito para quem lê.

    Fico muito grata mesmo.

    Esteja sempre à vontade por aqui e não deixe de comentar. Participe também.

    Abraço!
    ;*

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...