25 de outubro de 2009

Renovando energias e sentimentos


Tem dias em que acordo com vontade de arrumar alguma coisa, nem sei o quê. Talvez vontade de arrumar aquelas gavetas em que guardamos objetos de que nem nos lembramos, mas sabemos que estão lá, guardados há tempos, numa gaveta qualquer.
Talvez fazer uma mudança nos livros que já lemos e ficaram lá guardados também, as roupas que já não são usadas, papéis sem utilidade nenhuma. Quanta coisa! 
Quando fazemos mudanças em nossas coisas, fazemos também mudanças nas energias que se acumularam junto delas e que deixaram de fluir naturalmente.
Interessante é perceber que, ao iniciar tais mudanças em nossas gavetas e armários, parece que algo em nós também se modifica. É, jogamos fora energias junto daqueles objetos que não têm mais utilidade para nós. 
Roupas, livros, objetos já sem uso podem ser muito úteis para outras pessoas que precisam muito mais que nós. E, dessa forma, modificamos nosso ambiente, as energias passam a fluir de forma diferente, positiva, natural, dando lugar a energias novas, mais benéficas. Tudo é cíclico. 
O que já nos fez bem ontem, hoje precisa de novo destino. O mesmo princípio serve para outra mudança a ser feita: a renovação de tudo que vamos guardando dentro de nós mesmos, sentimentos que acumulamos de tristeza, mágoa e angústia guardadas em gavetas de nosso coração e de nossa alma, acumulando energias que também precisam fluir para que se transformem em energias boas de saúde e bem-estar. 
A vida muda e o que era ontem, hoje já não é mais, mudou, acabou, e deu lugar ao que ainda será. Estejamos sempre abertos a essas renovações dos sentimentos, tanto quanto dos nossos objetos guardados, pois tudo é energia.
Tiremos todos os sentimentos já velhos e empoeirados que estejam ainda guardados, para que a luz, a beleza e a cor do que é novo entre, mude e renove tudo em nós, dando mais leveza e serenidade a nossas vidas.

8 comentários:

  1. Amén! :D! Acho que o ego nos faz confundir o que queremos com o que precisamos...Não é a mesma coisa e depois...andamos cheios de tralha! Adoro passar aqui! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo, Rita.
    =]

    Ah! Passe sempre que quiser, será sempre bem-vinda!

    Beijo!
    =*

    ResponderExcluir
  3. Mudanças. Tudo flui. Heráclito de Éfeso.

    ResponderExcluir
  4. Olha só... e ainda resistimos a elas. Pode?
    :)


    Obrigada pela visita, Caceres.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Rita!
    Parabéns pelo teu blog. Teus textos são lindos.
    Quando tiveres um tempinho, visite meus blogs, ok?
    Blog da Sônia Silvino
    http://soniasilvinoamaanimais.blogspot.com
    Reflexões
    http://soniasilvinoreflexoes.blogspot.com
    Pura....Diversão
    http://soniasilvinopuradiversao.blogspot.com
    Resgatando Emoções
    http://soniasilvinoresgatandoemocoes.blogspot.com
    Continue escrevendo, menina talentosa!
    Abraços, Sônia.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Sonia!

    Visitarei todos seus blogs, sim. Pode aguardar!
    :)

    Muito obrigada pela visita e por suas palavras generosas, fiquei muito contente!
    ;)

    Ah! Volte sempre, que será bem-vinda!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. ...Essa rita é uma gracinha!
    Eu gosto muito dela!!!!
    sempre q posso alugo a orelha dela no bate bate do face!
    tomara q ela continue nos brindando com textos inteligentes, suaves e etc e tallll.....

    ResponderExcluir
  8. Caro amigo(a) anônimo(a), revisando meu blog, hoje encontrei esse comentário que, aliás, deixou-me curiosa para saber quem é você. E contente também... :)
    Pena que comentou no anonimato.

    De qualquer forma, um grande beijo pra você!
    :p

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...