1 de setembro de 2008

Hoje já é futuro, vida nova começou


"Vamos celebrar
Nossa própria maneira de ser
Essa luz que acabou de nascer
Quando aquela de trás apagou..."
(Paulinho Moska)

Existem momentos em que é difícil nos conscientizarmos de que algo acabou, que alguém já não existe, que situações novas estão por acontecer e que o futuro está aí. 
Sim, porque nos apegamos de tal forma ao passado e aos acontecimentos que se foram e que mexem tanto com nossas vidas, nossos planos e nossas convicções, que ficamos paralisados, até sem saber bem que rumo tomar. 
É claro que fazemos tentativas, vemos que algo se findou, e que, então, é hora de mudar. Mas para onde? Que estradinha tomar? Para que lado ir? Que escolha é a melhor? Só mesmo ouvindo nossas intuições, o nosso coração, bem como a nossa razão. E, acima de tudo, ter confiança em nós mesmos e em tudo o que podemos fazer. 
Quanto potencial guardamos e pouco valorizamos... Quantas possibilidades de refazer a estrada que nem conseguimos ver bem... As ideias se confundem, quando precisamos tomar decisões. E tudo fica pior, quando essa necessidade de decisão vem com ansiedade, dúvidas e incertezas. 
Só confiança no que somos e podemos é que pode nos nortear; além do esquecimento do que já se foi, pois o passado não volta. Dele só nos serve a lição que nos deixa. E é isso que os grandes problemas fazem por nós. A grande certeza é a de que temos novas possibilidades e novas experiências por vivenciar; mas somente se acreditarmos e formos atrás. 
Neste minuto, futuro e vida nova já se iniciam, tudo o mais é passado. E para todos nós! É nisso que precisamos acreditar. Que, então, possamos viver bem esses instantes que se vão, e acreditar na felicidade dos momentos que estão aí. Hoje já é amanhã. O que é o tempo, afinal?

3 comentários:

  1. incrível né? o momento em que iniciei a leitura do texto já é o passado no momento em que termino a mesma leitura...

    no entanto, o passado não é apagado de nossa memória justamente por constituir nosso alicerce moral, nossa base de sustentação!

    o tempo, esse é só o momento atual, algo que usamos para nos situarmos na história do planeta, e tem a duração do inacreditável.

    por isso a benção do recordar!

    por isso poder lembrar do passado, por que difícil é nos situar no presente, o que nos resta é o indefinível futuro e o sugestivo passado, que recheia nossa existência, frisando quem somos de fato!

    bejoca!

    ResponderExcluir
  2. Rosa Silvana21/11/2009 22:52

    Nossa Rita é de arrepiar ,se vc ver os poemas que acabei de fazer,tem tudo a ver, com que vc escreveu até frases.Que coisa doida........
    Depois te mostro.
    Vou ver se venho mais vezes aqui.
    Adorei,minha amiga.
    Bjs

    Sou Grata.

    ResponderExcluir
  3. Que bom ter gostado, Sil.
    Apareça mais vezes e mostre pra mim, sim, o que anda escrevendo. Fiquei curiosa!

    Beijo enorme!
    ;*

    ResponderExcluir

E você, o que pensa a respeito? Comente!

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...